Atendimento  Apartir das 14:00 Hs.

Av. Conselheiro Aguiar, 1360 - Sala 129. Galeria Centro Sul - Boa Viagem.
51011-030 - Recife - PE.
Todos os direitos Reservados por  Copyright  2015.
Fone +55 81 9988 42335
Fone +55 81 99194 2508
Fone +55 81   3463 4411
Email. contato@cesarmello.net

Perguntas mais Freqüentes - Implantes

Que são implantes osteointegrados?
São substitutos artificiais como alternativa natural oferecendo a possibilidade de uma restituição integral do dente, tanto na coroa como na raiz.
Desta maneira será possível realizar uma terapia global que restabeleça a função e estética dos dentes naturais.
.
De que são formados os implantes?
Todos os implantes existentes hoje no mercado são formados de um metal chamado titânio, não existe nada de mágico neste metal, ele é usado com muita freqüência na ortopedia e odontologia, simplesmente o titânio não sofre corrosão quando inserido no corpo humano e por esta razão não são apresentados fenômenos da rejeição imunológica, o que dizemos cientificamente que é um material biologicamente tolerável ou biotolerante.

E quanto à idade?
Não existe limite de idade, qualquer pessoa pode receber Implantes, contudo só recomendamos para pacientes adultos e até idosos, as crianças e adolescentes em princípio as cirurgias para colocação de implantes dentais estão contra-indicadas, o fato é que esses indivíduos não atingiram a maturação das estruturas ósseas da face, um evento cirúrgico nesta região e nesta etapa do desenvolvimento poderá trazer defeitos irreversíveis.

Quais os riscos cirúrgicos?
Mínimos. A cirurgia é feita normalmente com anestesia local e é muito mais simples que outros procedimentos cirúrgicos odontológicos, como a extração de um dente incluso, por exemplo. O pós-operatório é muito bom e a maioria dos pacientes não relata qualquer incômodo maior.

Do que depende o sucesso do Implante?
De vários fatores, mas o principal é a observância do protocolo (receita completa de como e quando se faz o Implante). É necessário que o profissional seja meticuloso e treinado na técnica.

Por que ocorrem os insucessos?

• Por má indicação do tratamento,

• Por técnica cirúrgica inadequada.

• Por fatores biológicos inerentes aos pacientes.

• Por maus cuidados por parte do paciente.

Pode haver rejeição no Implante Dentário?
Não, de modo algum. O fenômeno de rejeição só pode ocorrer quando houver presença de antígeno (só encontrado em tecido vivo: coração, fígado, rim, etc.). No Implante jamais poderemos ter rejeição, pois o Implante é confeccionado em material aloplástico, ou seja, não é um tecido vivo, portanto, são impossíveis termos rejeição para Implante.

O Implante Dentário pode falhar?
Dentro da Ciência Médica/Odontológica, não se pode prever com exatidão o sucesso ou insucesso de determinada intervenção, pois existem muitos fatores que podem influenciar negativamente no Implante Dentário, como por exemplo:

• hábitos anormais com os dentes (bruxismo, hábito de fumar cachimbo, morder objetos como caneta, etc.);

• diabetes; higiene oral precária

• doenças infecciosas, transmissíveis e outras.

Qual o índice de falha do Implante Dentário?
O Implante Dentário é realizado no mundo inteiro, tendo uma estatística de casos de falência de aproximadamente 4%, mas isto não impede que seja colocado outro Implante no local e que este tenha sucesso absoluto

Existem cuidados especiais com os Implantes Dentários?
Os Implantes Dentários requerem os mesmos cuidados básicos que temos com os dentes naturais, ou seja: saúde do paciente; escovação adequada e uso diário de fio dental; bochechos com solução antisséptica diária; cumprir rigorosamente as instruções do dentista, específicos ao seu caso; visitas periódicas ao dentista (6 a 12 meses). 

E quanto aos pacientes que não possuem quantidade de osso adequada para receberem implantes?
Estes pacientes são submetidos a outro procedimento cirúrgico, denominado enxerto ósseo que busca aumentar a altura ou a espessura do osso no local da cirurgia permitindo a instalação do implante.

Perguntas mais Freqüentes - Clínica dental

O que é a Cárie dental?
A cárie dentária é uma doença provocada por bactéria e também contagiosa que afeta os dentes. A cárie aparece somente quando há formação de placa dental (placa bacteriana) sobre os dentes, em presença de açúcar e carboidrato. Quando essas bactérias se multiplicam forma um ácido extremamente corrosivo que ataca a superfície do dente, causando a sua progressiva dissolução. Esta reação acontece sempre que acabamos de comer uma refeição e se acentua ao longo das horas. Ao higienizar corretamente seus dentes (com a escova e o uso de fio dental), você combaterá a placa bacteriana e conseqüentemente reduzirá a possibilidade de cáries dentárias.

Porque minhas gengivas sangrem?
O sangramento gengival indica uma inflamação na gengiva que chamamos de gengivite, a gengivite habitualmente está associada á presença da placa bacteriana, na qual as gengivas apresentam-se inflamadas, avermelhadas e com aspecto inchado. As gengivites se originam normalmente por uma escovação e profilaxia oral deficiente, contudo elas podem ter outras origens como por ex: Avitaminoses, algumas doenças sistêmicas, utilização periódica de alguns medicamentos, próteses mal adaptadas, etc.

Como tratar a gengivite?
A gengiva tem um alto poder regenerativo é bastante eliminar-se o agente causador, o mais indicado é evitar a evolução deste processo através de uma higiene bucal adequada (escovação e fio dental), limpezas profissionais freqüentes e remoção de excessos de restaurações, que também irritam a gengiva.

O que é retração gengival?
A retração é o deslocamento da gengiva que provoca a exposição da raiz do dente. Ela pode ser causada por diversos fatores, os mais comuns são: fricção exagerada com a escova, movimentação ortodôntica, inflamação da gengiva causada pela placa bacteriana, posição alta dos freios labiais, pouca espessura do osso que recobre a raiz dos dentes, entre outros.

O que é o Tártaro?
O tártaro é uma formação mineral da placa bacteriana endurecida pela precipitação dos sais minerais na saliva. Essa formação endurecida como uma pedra aparece entre a gengiva e o dente, Para eliminar o tártaro é necessário que se realize uma limpeza pelo dentista. A remoção do tártaro faz-se hoje com o recurso ao ultrassom. O uso do ultrassom aplicado à remoção de cálculo dentário é sem dúvida uma grande descoberta na odontologia. A não remoção do tártaro acarreta em uma formação calcaria cada vez mais profunda, entre a raiz dental e estrutura óssea de sustentação dental, trazendo uma patologia chamada doença periodontal que é conhecida vulgarmente como piorréia. A remoção do tártaro é um método indolor e rápido.

Tenho uma bolinha de pús que parece uma espinha no meio da gengiva, o que é?
Esses pequenos abscessos que aparecem e desaparecem ocasionalmente provavelmente trata-se de um abscesso dentário. Pode ser uma fistula oriunda de um tratamento de canal mal realizado, uma pulpite crônica, ou seja, um tratamento de canal que nunca foi realizado. Possivelmente haja a presença de um cisto ou um foco dental associado. Pode ser também um abscesso periodontal. Você deve consultar o dentista para que ele examine seu caso.

Há algum tempo levei uma forte pancada no meu dente ele ficou escuro, por que isso ocorreu e como posso tratá-lo?
Às vezes um forte trauma pode levar a uma pequena hemorragia interna do dente, que acaba por manchá-lo, o sangue irá impregnar-se nas paredes internas dentro do dente. Nesses casos pode ser necessário realizar o tratamento de canal do dente e associar a um clareamento dental unitário na parte interna.

Perguntas mais Freqüentes - Clareamento Dental

Por que devo Clarear meus Dentes?
Creio que você sempre quis ter um lindo sorriso branco, aquele das artistas da TV. Ou talvez seus dentes amarelaram com o passar do tempo. Ou talvez você não esteja feliz com as manchas provenientes do café, chá ou refrigerantes de cola. Qualquer que seja sua razão de querer dentes mais brancos, você não está sozinho.

Quais são os métodos de clareamento existentes?
Basicamente existem dois métodos disponível de clareamento:
•O caseiro Uma moldeira de silicone onde se aplica o gel clareador. Sob a orientação do dentista, o próprio paciente manipula o mencionado gel, em sua residência, durante um período de 15 dias, ao deitar.</b>
•Tratamento com LASER, realizado pelo dentista, esta é uma excelente opção para pacientes porque é rápido e bastante efetivo, normalmente em uma ou duas seções de 40 minutos, eventualmente repeti-se o ciclo com 30 dias.

Todos os dentes podem ser clareados?
Claro que não. Apesar do clareamento dental ter poucas contra-indicações há casos onde não se recomenda sua aplicação. Por exemplo, podemos citar os pacientes fumantes ou dentes que já contem grande quantidade de resina, onde o tratamento não será eficaz. Você deve lembrar que o clareamento dental é bastante eficaz em dentes hígidos.

Qual o tempo de duração?
A durabilidade média do cla
reamento varia entre 1 e 2 anos, sendo fortemente influenciada por fatores relacionados aos hábitos alimentares e higiene bucal do paciente. Todavia, é possível que se faça uma manutenção, a cada seis meses, de forma a preservar os resultados do clareamento.

Quais os cuidados a serem tomados após uma seção de clareamento?
Devem-se evitar os alimentos que contêm grande quantidade de pigmentos, tais como: café, chá, chetshup, vinho tinto, refrigerantes etc., são importantes agentes causadores do escurecimento dos dentes e devem ser evitados.
Home     Contato     Preguntas mais frequentes     Sobre    Galeria de Vídeos